Radar: Choque cultural

A primeira-dama do Estado, Valéria Perillo, disse ontem, na solenidade de homenagem às mulheres, que ficou “chocada” com o que viu, na recente viagem ao Oriente Médio, em relação ao tratamento dispensado às mulheres. “Lá as mulheres não valem nada. São apenas objetos sexuais”, lamentou.

Parcelamento de férias

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Se depender do Senado, o trabalhador brasileiro poderá fracionar suas férias. Projeto nesse sentido, relatado e com parecer favorável do senador Wilder Morais (PP), está na pauta da Comissão de Assuntos Sociais (CAS).

LEIA TAMBÉM

• Correios realizam leilão de 289 motocicletas em Goiás• Anápolis: Homem é executado a tiros na frente da esposa e de do filho• Prefeitura de Goianésia realiza concurso com salário de até R$ 17 mil

Livre negociação

De acordo com o texto, que muda regras da CLT, as férias poderão ser fatiadas em até duas vezes, com um dos períodos observando o mínimo de 14 dias, ou em até três vezes, por meio de acordo entre as partes.

Off supremo

Um pequeno sinal de contrariedade está sendo verificado na base aliada do governo na Assembleia Legislativa, em função de movimentos na Goiás Turismo, que estão deixando de orelha em pé muitos parlamentares.

Silêncio de Marconi

O governador Marconi Perillo está acompanhando de longe a movimentação de aliados na Assembleia Legislativa, sobretudo as queixas de insatisfação quem vêm sendo publicadas pela imprensa. A resposta do chefe do Poder Executivo virá no momento oportuno, quem sabe em 2018, quando serão realizadas eleições majoritárias.

Para reflexão

Marconi tem ampla maioria no Poder Legislativo, nunca perdeu uma eleição e já foi tudo na política de Goiás: deputado estadual, deputado federal, senador e governador quatro vezes. Alguém duvida que ele será eleito senador daqui a dois anos?

+++++++++++++++++

Entorno de Brasília

Em Luziânia, o que se diz é que o prefeito reeleito, CristovãoTormin, já está preparando um candidato de sua simpatia à Assembleia Legislativa em 2018. É o atual secretário de Desenvolvimento Urbano, Wilde Lopes Roriz, mais conhecido como “Cambão”.

Aliás…

Cambão é o responsável pela infraestrutura da cidade e cuida das áreas de pavimentação, obras, drenagem, iluminação, jardinagem e coleta de lixo.

Em tempo

O prefeito CristovãoTormin rompeu politicamente com o deputado estadual Diego Sorgatto (PSB), que agora conta com o apoio da prefeita Sônia Chaves (PSDB), de Novo Gama.Tormin e Sorgatto são primos.

++++++++++

Resistência

Da secretária Lêda Borges, sobre o Dia Internacional da Mulher: “A sociedade enxerga a homenagem como puxa-saquismo”.

Não ao preconceito

Mídia publicitária da Secretaria Cidadã para marcar o mês da mulher: “Mulher não é cabide para você pendurar o seu desrespeito”.

Alô, empresários!

A Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg) inaugura amanhã, às 8 horas, reforma do VaptVupt Empresarial e ampliação de seus serviços.

É preciso avançar

Ontem, na homenagem do governo estadual às mulheres, o vice-governador José Eliton disse que sonha com o dia em que não for preciso usar instrumentos de segurança pública para auxiliar as mulheres.

Descanse em paz

Morreu ontem e será sepultado hoje o ex-candidato a governador Chico Dentista, do PMN. Figura simples, que tinha a cara do povo, mas que sentiu na pele a dureza do poder econômico na política.

Tramitação suspensa

Com pedidos dos governos de Goiás e de São Paulo, o STF adia julgamentoda ação contra os incentivos fiscais goianos. Detalhe: sem previsão de data para análise do mérito.

Cada um na sua

Ontem, na Câmara dos Deputados, o ministro da Fazenda Henrique Meirelles foi questionado a respeito de uma possível revisão das notas do Brasil por agências internacionais: “Eu faço o dever de casa e a agência faz o dever de casa deles”.

Questão de tempo

O senador Ronaldo Caiado (DEM) escreveu ontem em twitter que “O ‘amigo’ Lula sabe que seu tempo é curto e que a qualquer momento vai ficar inelegível. Precisa usar a pressão política a seu favor”

Catedral Metropolitana

O casal Marconi e Valéria depositou flores, ontem de manhã, no túmulo do ex-Arcebispo Emérito da Arquidiocese de Goiânia Dom Antônio Ribeiro, que morreu no último dia 28 de fevereiro.

++++++++++++

Mea culpa

O deputado estadual Humberto Aidar (PT) disse que seu partido precisa assumir a culpa das mazelas que cometeu, para começar a dar a volta por cima e se renovar, se refazer, se refundar. Para ele, muitos militantes do PT erraram em nome do partido, mas, enquanto ficar negando, a agremiação não vai conseguir se reerguer.

Dá vergonha

Aidar se mostra envergonhado com atitudes de alguns dirigentes e chega a citar o nome do ex-ministro Antônio Palocci, na conta de quem as investigações da Lava Jato encontraram R$ 10 milhões e que o levaram à prisão. Elogia Adriana Accorsi, que “fez uma bela campanha à Prefeitura de Goiânia”, mas que em consequência dos desgastes o PT não conseguiu eleger nem um vereador em Goiânia.

+++++++++++++++++