Radar: Relação republicana

Prefeito de Catalão, Adib Elias (PMDB) sinalizou ontem para uma parceria institucional com o governo estadual, sem qualquer amarra, atropelo ou briga paroquial. Como primeiro gesto, ofereceu ao Estado uma área de 17 alqueires, pertencente ao município, próxima ao Distrito Industrial, para que o governo de Goiás possa ampliá-lo. “A parceria vai marcar definitivamente a história da industrialização de Catalão”, assinalou o prefeito.

++++++++++++++++

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Cruz, credo!

LEIA TAMBÉM

• PT e PP juntos no Mato Grosso podem aproximar Lula do agronegócio• Facebook é multado em mais de R$ 10 milhões por tráfico de animais silvestres• Cármen Lúcia envia à PGR indícios da interferência de Bolsonaro na investigação do MEC

Ontem, em Brasília, não se falou em outra coisa: A segunda lista de Rodrigo Janot, baseada nas delações premiadas das Lava Jato, inclui o nome de dez governadores.

Trabalho à vista

O STJ é a instância responsável por julgar processos contra governadores, que têm foro privilegiado nesse tribunal.

+++++++++++++++++++

Mula

O Pros pode se constituir numa válvula de escape para candidatos a deputado que temem a concorrência interna nas grandes legendas.

Em crescimento

Na Assembleia Legislativa já há três candidatos a deputado federal – José Nelto (PMDB), Lincoln Tejota (PSD) e Jean Carlo (PHS). Pode pintar mais um: José Vitti (PSDB).

Quase tucana

A prefeita da cidade de Goiás, Selma Bastos (PT), é cortejada para se filiar ao um partido da base de Marconi Perillo. A afinação com o governador é total.

Bala na agulha

A próxima eleição para senador em Goiás promete ser um desfile de gente endinheirada. Que o digam Wilder Morais (PP) e Magda Mofatto (PR).

Exagero, não?

A esquerda passou a chamar a PEC da Previdência de “PEC da Morte”.

++++++++++++++++++++

Só faltava essa…

A até um suposto medo de fantasmas por parte do presidente Michel Temer, que não quer mais morar no Palácio da Alvorada, virou motivo de desavenças entre governistas e petistas.

Virou comédia

Da deputada estadual Adriana Accorsi (PT): “Temer é golpista e medroso”.

+++++++++++++++++++

Esculhambação

No Brasil a coisa funciona assim: Bandido quer virar delegado.

Olho no olho

Pode até ser moderno, mas essa coisa de depoimento de réu por meio de videoconferência tira a força do olho no olho, fundamental para formar a convicção do juiz.

O que vem por aí

A Enel, nova controladora da Celg, vai apostar, num primeiro momento, na demissão voluntária. Se não surtir efeito, pode pintar degola, sem cerimônia.

Apostam no tempo

Parlamentares e integrantes do governo, presentes na segunda lista de Rodrigo Janot, apostam no tempo no Judiciário. Vão usar as eleições de 2018 para conquistar foro privilegiado.

Atestado de idoneidade

Depois de três anos de agonia com Operação Lavajato e após o enorme calvário de expectativa por conta da deleção premiada dos diretores da Odebrecht, quem ficou fora da lista do procurador Rodrigo Janot já pode sair gritando mundo afora dizendo-se um político honesto.

++++++

Pingue…

Em depoimento à Justiça, o ex-presidente Lula desafiou coragem de algum políticos ou empresário para provar que ele tenha pedido R$ 10 reais ou cinco centavos de propina…

… pongue

Ninguém retrucou, mas o Brasil inteiro sabe: a negociata investigada pela Lavajato não é coisa de centavos, mas de milhões e até bilhões de dólares.

++++++

Prazo limite

Vanderlan Cardoso reapareceu no Twitter para mandar recado aos filiados do PSB em Goiânia: o último dia para recadastramento é 20 de março.

Ah, sim!

Líderes do PTB minimizam aparição junto com Iris Rezende. “Foi apenas institucional”, diz um deles.

Sem atropelo

Vilmar Rocha tem dito nos bastidores: O PSD vai apoiar o candidato a governador que Marconi Perillo indicar.

Não mais que isso

Tem gente dizendo na base aliada que as movimentações de Thiago Peixoto visam apenas cacifá-lo politicamente.

“Animalterapia”

Ao justificar os bons resultados da Terapia Assistida por Animais (TAA), o deputado estadual Gustavo Sebba (PSDB) apresentou projeto na Assembleia que dispõe sobre a permissão para a visitação de animais domésticos e de estimação em hospitais da rede pública e privada, contratados e conveniados do SUS em Goiás. Pelo projeto, a visita dos animais aos pacientes ocorreria sob determinadas condições, respeitando-se os critérios definidos por cada unidade de saúde.