Radar: Ser ou não ser

Pela segunda vez, em menos de mês, Lúcia Vânia (PSB) e Ronaldo Caiado (DEM) aparecem alegres e sorridentes, em eventos oficiais: Ontem, em Rio Verde, na abertura da Tecnoshow, com a presença do ministro da Agricultura, Blairo Maggi. Pode ser apenas um compromisso oficial e pode não ser também.

Em tempo

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Semana passada, convidada para o lançamento do programa Goiás Na Frente, do governo estadual, a senadora e a filha, Ana Carla Abrão Costa, não compareceram nem mandaram representante.

Erro de interpretação

Ao repercutir pesquisa Serpes de avaliação de governos em Goiânia, deputados, tanto da base aliada como da oposição, afirmam que há um erro elementar de avaliação sobre 2018, quando se pega a parte e analisa o todo. Segundo eles, Goiânia representa cerca de 20% do eleitorado goiano.

Pagou geral

O bicho está pegando em Caldas Novas. O prefeito Evandro Magal (PP) chamou um repórter da TV Caldas, de propriedade da deputada federal Magda Mofatto (PR), em plena entrevista,  de “mau caráter, tendencioso e sem credibilidade”.

Virar a página

Em audiência, Marconi pediu ontem ao presidente Michel Temer empenho para a desinterdição da BRF de Mineiros.

Tem base?

Em Brasília, circula informação de que o ex-deputado Valdemar Costa Neto, cacique do PR, quer criar um novo partido que atenderia pelo nome de PEBA – “Partido da Ética do Brasil”.

Portas abertas

Chama a atenção o trânsito do deputado federal Alexandre Baldy (PTN) no Palácio do Planalto. O homem é tido nos corredores palacianos como “um político de boas idéias”.

Conselheiro

Baldy é um assíduo frequentador do gabinete presidencial. Informações de bastidores dão conta que Michel Temer dá muita bola para o que ele diz.

Largada

Começam as discussões, na Assembleia Legislativa, da PEC do Teto de Gastos. O governo estadual vai testar, mais uma vez, a folgada maioria que tem na Casa.

Frase do dia

“Os conselheiros dos tribunais de contas são capachos dos governadores e negociantes de propinas”. (José Nelto, deputado estadual)

Acertando os ponteiros

A bancada estadual do PMDB se reúne quinta-feira com o senador Ronaldo Caiado (DEM) para discutir a chapa da oposição para 2018.

Sinais da crise

De acordo com levantamento do Valor Econômico, os efeitos negativos da recessão sobre o mercado de trabalho vão além do aumento da desocupação. Em 2016 o brasileiro também trocou menos de emprego. A taxa de rotatividade no País caiu ao menor nível dos últimos 10 anos, a 38,5%.

Skatista

Uma cena um pouco inusitada em se tratando de políticos: O deputado federal Thiago Peixoto (PSD) aproveitou o fim de semana para circular pelas ruas de Goiânia usando skate.

É possível?

Depois de enxugar drasticamente a Comurg, a ideia do prefeito Iris Rezende é implantar um modelo de gestão profissional na empresa, blindando-a de interferência política.

Juntas Comerciais

Eleito para comandar a Federação Nacional de Juntas Comerciais (Fenaju), Rafael Lousa diz que o grande desafio é a padronização dos procedimentos registrais para todo o Brasil.

Que coisa, hein!

Um dado curioso da pesquisa Serpes: 45,6% dos goianienses acham a gestão do Iris Rezende igual ou pior que a do Paulo Garcia.

Efeito dominó

Depois de ação contra PP, efeito dominó da Lava-Jato deve atingir PT e PMDB, acusados de envolvimento no esquema da Petrobras.

Posto-chave

Peemedebistas querem Maguito Vilela coordenando a campanha do partido a governador, em 2018.

Dinamismo da política

Há dois anos, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) teve a ousadia de achar que seria presidente da República. Semana passada ele foi condenado a 15 anos de prisão.

Deu na Folha

Geraldo Alckmin quer Marconi na presidência nacional do PSDB. Os dois defendem prévias no para escolha do candidato do partido à presidência da República.

“Ladrão fisiológico”

Em palestra durante o congresso da Associação de Estudantes Brasileiros no Exterior (Brasa), na Universidade da na Universidade da Pensilvânia, na Filadélfia, Ciro Gomes (PDT-CE) afirmou ontem que a ex-presidente Dilma Rousseff  fez um péssimo governo e o presidente Michel Temer  é um “ladrão fisiológico”.

Tags: