Servidor do Mutirama tenta intimidar Diário do Estado

Mensagem foi enviada após servidores denunciarem ao DE irregularidades do parque

O Diário do Estado recebeu uma nota assinada pelo que seria a Coordenação do Movimento dos Servidores Celetistas do Parque Mutirama criticando a cobertura da investigação de denúncias de irregularidades no parque feita exatamente por servidores da autarquia. Na denúncia, os servidores alegam que o parque foi reaberto irregularmente, sem alvarás, sem os certificados de conformidade dos brinquedos, além de denunciarem assédio moral e falta de pagamento de auxílio transporte aos servidores.

O Diário do Estado, em todas as reportagens sobre o caso ouviu o presidente da Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul), Valdery José da Silva Júnior, que sempre mostrou sua versão dos fatos, publicada de forma literal em todos os casos.

A direção do DE encaminhou a nota ao Ministério Público do Estado de Goiás por entender que ela é ofensiva e agressiva, uma vez que, em tom ameaçador o coordenador do que ele chama Movimento Rumo a Efetivação, Renato Halterbeck escreve: “Toda ação hostil contra o Parque Mutirama será rechaçada pelo movimento! Tomarei todas as providências cabíveis contra inimigos internos e externos! SELVA! Renato Halterbeck. Coordenador do MOVIMENTO RUMO A EFETIVAÇÃO!”

* Rosana Melo, especial para o Diário do Estado

Tags: