CBLOL: time goiano da Rensga evolui, mas tem poucas chances de classificação

No Campeonato Brasileiro de League of Legends, os Cowboys melhoraram atuações, mas reação chegou um pouco tarde

No final de fevereiro, a Rensga BitPreço tomou uma decisão brusca a respeito de seu elenco. A representante goiana no Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL) liberou dois jogadores e afastou um, contratando duas reposições e subindo um do CBLOL Academy. As mudanças tiveram o intuito de provocar uma reabilitação da equipe no torneio. Isso até aconteceu, mas não deve ser o suficiente para garantir a classificação.

A situação da Rensga

No momento em que a Rensga liberou Ji-seong “Hades” e Han-gyeol “Guard”, afastando Marcelo “Ayel”, o grupo estava em último lugar na tabela de classificação. Desde as contratações dos sul-coreanos Seung-min “Trap” e Tae-gyeom “Mocha”, além da promoção de Yudi “NinjaKiwi”, o time fez quatro partidas.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Na 11ª rodada, a Rensga derrotou a Liberty e se empolgou. Em seguida, porém, os Cowboys perderam para KaBuM! e Netshoes Miners, respectivamente, voltando a ficar em uma situação delicada. Na 14ª rodada, a equipe goiana mediu forças com a líder FURIA, surpreendendo e vencendo com direito a pentakill de NinjaKiwi.

LEIA TAMBÉM

• Mulheres entram de cabeça e superam homens nos jogos eletrônicos• Com três modalidades, Copa Goiânia de E-Sports começa neste final de semana• Goiânia se consolida como potência nacional nos eSports

Com o resultado positivo, a Rensga BitPreço ainda tem chances ínfimas de partir ao mata-mata do CBLOL. Para isso acontecer, os jogadores só podem pensar em vencer os quatro últimos confrontos da primeira fase. Em adição a isso, precisarão torcer contra alguns adversários diretos. No momento, a Rensga está na penúltima colocação, à frente somente da já eliminada INTZ.

Os próximos embates da Rensga são diante de dois clubes que não estão fazendo uma grande campanha. No sábado (12), às 14h, o compromisso será contra o Flamengo, que figura imediatamente acima dos goianos na tabela. No domingo (13), a partir das 14h, o duelo será perante a INTZ.

Mesmo se a classificação para as eliminatórias não vier, os quatro últimos jogos da primeira fase podem ser importantes para o entrosamento dos atletas. A expectativa é de que a Rensga chegue forte no 2º split de 2022, a exemplo do ano passado, quando terminou em segundo lugar na etapa.

Tags: