Dragão arranca empate do Ceará, mas aumenta jejum de vitórias na Série A

Atlético-GO sai atrás no placar, iguala o marcador, mas falha em voltar a vencer no Brasileirão

O jejum de gols na Série A acabou, mas não a seca de vitórias. Pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético-GO empatou em 1×1 com o Ceará no Estádio Antônio Accioly. O resultado impede que o time goiano entre na zona de rebaixamento neste momento, mas também deixa a equipe estacionada em uma posição perigosa na tabela de classificação.

Desesperado para voltar a ganhar depois de cinco partidas sem triunfos, o Atlético-GO adiantou as suas linhas de marcação e tentou sufocar o Ceará. Os jogadores rubro-negros conseguiram algumas finalizações interessantes, mas apenas nos minutos iniciais. Na outra metade do primeiro tempo, o Dragão sofreu com a ineficiência do ataque, algo que vem sendo recorrente na temporada do clube. No segundo tempo, a situação mudou e os dois lados conseguiram balançar as redes.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Logo aos dois minutos, Vina foi para a cobrança de falta e mandou direto para o gol, sem chances para o goleiro Fernando Miguel. O Dragão não se acanhou e chegou ao empate na marca dos nove. Dudu tocou para Arthur Henrique, que conseguiu alguns dribles e rolou para João Paulo. Dentro da área, o meio-campista arrematou cruzado e esticou o barbante, algo que não acontecia desde o fim de outubro para os atleticanos. Mandantes e visitantes empilharam oportunidades, mas o placar não voltou a se alterar.

A briga contra o rebaixamento na Série A

Atualmente, os quatro clubes que figuram no Z-4 da Série A são Bahia, Grêmio, Sport e Chapecoense, sendo que essa última está matematicamente rebaixada. Grêmio, Sport e Chape já entraram em campo nesta rodada, faltando apenas o Bahia. Se o Tricolor de Aço bater o Cuiabá neste domingo (21), às 19h, chega aos 39 pontos e empurra o Juventude, também com 39 unidades, para a zona da degola. O Atlético-GO está com 40 pontos e precisa ter cuidado na reta final do Brasileirão para não amargar a queda.

Tags: