Olho na Rússia: Brasil enfrenta Uruguai nesta quinta

O torcedor brasileiro pode matar a saudade de sua Seleção nesta quinta-feira. Às 20h, o Brasil volta aos gramados após quatro meses do último jogo oficial. O adversário é o forte Uruguai, no lendário estádio Centenário, em Montevidéu, pelas eliminatórias da América do Sul. Uma vitória deixaria o time verde-amarelo com as duas mãos na vaga para a Copa do Mundo da Rússia.

No caminho para o Mundial, a equipe comandada por Tite vem de seis vitórias consecutivas. Os resultados dão ao ex-treinador do Corinthians 100% de aproveitamento à frente da Canarinho. A sequência também tirou o Brasil da 7ª colocação, que deixaria a Seleção fora da Copa, e o levou para a liderança isolada.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O vice-líder é o Uruguai. A Celeste faz campanha regular e segurou os brasileiros, ainda sob o comando de Dunga, no duelo do primeiro turno. Agora com a torcida ao seu lado, o time de Óscar Tabárez quer retomar a ponta e se aproximar da vaga na Rússia.

LEIA TAMBÉM

• Tráfico de drogas e armas corre solto nas plataformas digitais• Bombeiros: uma rotina de perigo e dedicação• PF investiga governo Bolsonaro por pagar propaganda superfaturada

Desfalques no ataque

Tanto Brasil quanto o Uruguai terão ausências sensíveis no ataque. Enquanto Tite não terá Gabriel Jesus, artilheiro de seu período no comando, Tabárez fica sem o astro Luís Suárez, suspenso pelo acúmulo de cartões amarelos.

A disputa para substituir Jesus era entre Roberto Firmino e Diego Souza. O atacante do Liverpool confirmou o favoritismo e foi confirmado por Tite como titular no confronto do Centenário.

Além do desfalque de Suárez, o Uruguai não terá o goleiro Fernando Muslera, ícone da raça charrua. O vascaíno Martín Silva assume as traves uruguaias, enquanto Diego Rolán terá o dever de substituir o craque do Barcelona no comando de ataque.

Ficha Técnica

Uruguai x Brasil
Data: 23 de março de 2017
Horário: 20h de Brasília
Local: estádio Centenario, em Montevidéu, Uruguai
Árbitro: Patricio Loustau (Argentina)
Assistentes: Diego Bonfa e Gustavo Rossi (Argentina)

Uruguai: Martín Silva; Maxi Pereira, Coates, Godín e Gastón Silva; Sánchez, Vecino, Arévalo Ríos e Cristian Rodríguez; Rolán e Cavani
Treinador: Óscar Tabárez

Brasil: Alisson; Dani Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro; Philippe Coutinho, Paulinho, Renato Augusto e Neymar; Roberto Firmino
Treinador: Tite

Tags: