Padre Robson afirma, em novos áudios descobertos, que a morte de um dirigente da Afipe seria “uma benção”

"Acaba com esse cara", afirmou o padre em áudio enviado a um advogado

Uma reportagem veiculada no Fantástico deste domingo, 21, mostrou que novos áudios foram encontrados em equipamentos apreendidos com padre Robson de Oliveira, que era investigado por desvio de dinheiro de fiéis doados à Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), em Trindade. Nos áudios, o sacerdote diz a um advogado que a morte de um dirigente da entidade seria “uma benção”.

“Se você pudesse matar ele para mim, eu achava uma benção. Acaba com esse cara, bicho. Isso aí só vai atrapalhar nossa vida. Para mim, até hoje, foi um atraso”, disse Robson em áudio enviado a advogado.

O dirigente a qual o padre pede a morte é Anderson Fernandes, que está envolvido em esquemas de suborno. Em nota ao Fantástico, a defesa de padre Robson disse que desconhece o conteúdo das mensagens e que elas são “frutos de montagens e adulterações feitas por pessoas inescrupulosas”. A nota disse ainda que o padre é vítima de extorsão e perseguição.

Anderson Fernandes, em nota enviada ao Fantástico, afirma que o episódio em que o padre disse que queria matá-lo era claramente uma brincadeira. Ele disse que Robson falava isso brincando com frequência, inclusive na frente dele. Anderson alega ainda que a gravação é claramente uma montagem e que está sendo utilizada de forma descontextualizada e errônea.

Tags: