Temer liga para Bolsonaro e justifica piada feita em jantar

O ex-presidente apareceu em uma vídeo ao lado de políticos e empresários enquanto riam de imitações feitas do presidente pelo André Marinho

Para justificar as piadas feitas durante um jantar, o ex-presidente Michel Temer (MDB) ligou para o presidente Jair Bolsonaro, nesta terça-feira (14), explicando que tudo não passava de uma brincadeira.

O vídeo que circula pela internet mostra Temer rindo de uma imitação do atual chefe do Executivo. As informações foram reveladas pelo jornal O Globo.

De acordo com a reportagem, durante o telefonema, Temer minimizou o episódio e disse que o humorista André Marinho também havia imitado outros políticos na ocasião, como o governo de São Paulo, João Doria (PSDB), Ciro Gomes (PDT) e o ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump.

Mais cedo, um vídeo de um jantar onde o ex-presidente Michel Temer aparece junto com políticos e empresários viralizou nas redes sociais. Nas gravações, o humorista André Marinho imita o presidente Jair Bolsonaro.

“Cadê a parte que eu combinei contigo de queimar o STF? Cadê a parte que eu combinei de roubar as perucas do [Luiz] Fux [presidente do STF]? Cadê a parte que eu combinei de botar o pau de arara na Praça dos Três Poderes e dar de chicote no lombo de Alexandre de Moraes? Assim não vai dar!”, ironizou o humorista.

O jantar ocorreu em São Paulo, no apartamento do empresário Naji Nahas e foi realizado após a ida de Temer a Brasília, na última quarta-feira (9), para ajudar o presidente a escrever uma carta de pacificação entre os poderes depois de discursos com tons ameaçadores durante as manifestações de 7 de setembro. No documento, Bolsonaro afirma que não teve ”intenção de agredir quaisquer dos poderes”

Tags: